Governador Geraldo Alckmin autoriza construção de barragens em Pedreira e Amparo

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin assinou na quarta-feira, 7 de junho, em São Paulo, a autorização para o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) construir as barragens de Pedreira e Duas Pontes, em Amparo. O investimento é de R$ 782 milhões nos dois reservatórios.

“O reservatório de Pedreira, no Rio Jaguari, será o primeiro a ser construído. Terá capacidade para armazenar 31,9 milhões de metros cúbicos de água em 4,3 quilômetros quadrados, com vazão regularizada de 8,5 mil l/s. A barragem de Duas Pontes será construída no Rio Camanducaia, em Amparo, em uma área total de 8,8 quilômetros quadrados. Esse reservatório armazenará 53,4 milhões de metros cúbicos de água e terá vazão regularizada de 8,7 mil l/s”, destacou na ocasião o governador Geraldo Alckmin.

O prefeito de Pedreira, Hamilton Bernardes Junior, e o vice-prefeito Fábio Polidoro, estiveram presentes acompanhando a solenidade e na quinta-feira, dia 08, receberam no Paço Municipal, o Superintendente do DAEE Ricardo Daruiz Borsari e o engenheiro Genivaldo Maximiliano de Aguiar, os quais apresentaram os detalhes dessa importante obra para o Município, que acarretará grandes impactos sociais e ambientais. “Ficamos cientes também, da publicação do Edital da Concorrência Internacional n.º 002/DAEE/2017/DLC, para contratação da empresa que será responsável pelas obras de construção das barragens”, enfatizou na ocasião o vice-prefeito Fábio Polidoro.

Durante a reunião no Paço Municipal, Hamilton Bernardes e Fábio Polidoro, apresentaram algumas diretrizes que entendem como primordiais para a instalação do reservatório em Pedreira. “Queremos conhecer os detalhes de como será o planejamento e programação das obras, as medidas de segurança na construção e operação do reservatório, exploração sustentável da represa, instalação de órgãos ambientais de fiscalização em Pedreira para evitar a ocupação irregular dos arredores das águas, e mais outras inúmeras medidas necessárias para compensação das transformações ambientais e sociais que passaremos nos próximos anos”, ressaltou o prefeito Hamilton Bernardes.

Os munícipios beneficiados pela reserva hídrica ficam nos arredores da Bacia PCJ, que abrange os rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. A previsão do DAEE é que os reservatórios estejam prontos no início de 2020. Juntas, as duas barragens terão mais de 13 quilômetros quadrados e capacidade para armazenar 85 milhões de metros cúbicos de água.

O conjunto vai beneficiar diretamente mais de 5,5 milhões de habitantes em 22 municípios da região. As cidades diretamente beneficiadas são: Amparo, Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Campo Limpo, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jundiaí, Limeira, Louveira, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Piracicaba, Sumaré, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo.

Compartilhar

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...