Exército Brasileiro visita Pedreira para viabilizar instalação de Tiro de Guerra

O prefeito Hamilton Bernardes Junior juntamente com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico Cezar Camilotti, comerciante Walfridis Poloni e o assessor de Planejamento Luciano Dalto Godoi, recepcionaram na sexta-feira, 06 de abril, os representantes da 2ª Região Militar do Estado de São Paulo, Major Roque, Aspirante Filippini e o Sargento Pacce, para uma visita de inspeção para viabilizar a instalação de um Tiro de Guerra em Pedreira.

Durante o encontro o prefeito Hamilton Bernardes Junior lembrou que no mês de novembro de 2017, foi entregue ao General do Exército João Camilo Pires de Campos, comandante da Região Sudeste, um Ofício solicitando a instalação do Tiro de Guerra. “Quero agradecer ao Coronel João Camilo que atendeu nossa solicitação e ao Major Roque que esteve visitando as instalações do NEPEP – Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação de Pedreira, localizado no bairro Jardim São Nilo, que poderá sediar o Tiro de Guerra de Pedreira”, enfatizou o prefeito Hamilton Bernardes Junior.

O secretário de Planejamento Cezar Camilotti ressaltou na oportunidade que os jovens da cidade atualmente recebem Certificado de Dispensa de Incorporação do Serviço Militar porque Pedreira não possui Tiro de Guerra. Todos os anos a solenidade de Juramento à Bandeira é realizada nas dependências do Ginásio de Esportes do Esporte Clube Santa Sofia. “Com a instalação de um Tiro de Guerra em Pedreira, os jovens terão a oportunidade de prestar o Serviço Militar Inicial e, assim, receberão os Certificados de Reservistas e não de Dispensa de Incorporação”, destacou Cezar Camilotti.

“Os Tiros de Guerra são verdadeiras escolas de cidadania e civilidade, e estamos trabalhando para a instalação de um deles em Pedreira, esperamos dar esta boa notícia à população. O Tiro de Guerra vai contribuir muito para formarmos cidadãos de bem em nosso município”, concluiu o prefeito Hamilton Bernardes.

Os Tiros de Guerra têm por finalidade a formação de reserva para o Exército Brasileiro e, ao serem matriculados, os jovens recebem a denominação de ‘Atiradores’.

Compartilhar

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...