Pedreirenses disputaram a Mizuno Uphill Marathon em Santa Catarina

Imagine uma prova de 42 km de distância, sendo que na largada a temperatura varia entre 20 a 25C e, na chegada, entre 5 e 10C, e onde ainda pode chover e ter ventos de até 100 km/h. Agora, imagine essa mesma prova com elevação de mais de 1.500m, sendo que a maior parte nos últimos 8 quilômetros. Para compensar, junte todos estes desafios com o visual da terceira serra mais bonita do mundo, a Serra do Rio do Rastro, em Santa Catarina.

Os atletas pedreirenses Bruno Cezar Vazan e Julio Cezar Panigassi estiveram no último dia 1º de setembro, representando a cidade na Mizuno Uphill Marathon, a prova mais difícil do Brasil.

Neste ano, dos 600 participantes que largaram aproximadamente 25% não terminaram ou concluíram a prova após o tempo limite de 6 horas. “A serra é linda e de noite cria visuais impressionantes, estamos muito felizes em completar uma prova tão difícil como está”, destacaram na ocasião Bruno e Julio.
A Mizuno Uphill é disputada em três distâncias: 42 km, 25 km e Desafio Samurai 67 km (atletas que participam dos dois percursos). E partir desse ano a prova passou a contar com o Permit nível Prata, oficializado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), exigindo uma série de requisitos, inclusive teste anti-doping para os primeiros colocados. “Trabalhamos para tornar a Uphill uma prova ainda mais desejada pelos corredores e para oferecer um evento de padrão internacional”, disse na oportunidade Felipe Gentil, gerente geral da Mizuno do Brasil.

Compartilhar

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...