Secretaria Municipal de Saúde de Pedreira realiza Campanha de Conscientização sobre a Tuberculose

A Secretaria de Saúde de Pedreira e a Vigilância em Saúde iniciaram na segunda-feira, 5 de março, a ‘Campanha de Intensificação da Busca ativa de casos de Tuberculose’, que terá sequência até 19 de março de 2018.

Segundo informou a secretária de Saúde Ana Lúcia Nieri Goulart, o objetivo da Campanha é realizar exames de pessoas assintomáticas na intenção de identificar casos novos desta doença. “A Tuberculose continua sendo mundialmente um importante problema de saúde, exigindo o desenvolvimento de estratégias para o seu controle, considerando aspectos humanitários, econômicos e de saúde pública”, enfatizou Ana Lúcia.

O Brasil é um dos 22 países priorizados pela OMS que concentram 80% da carga mundial de Tuberculose. Em 2009, foram notificados 72 mil casos novos, correspondendo a um coeficiente de incidência de 38 casos para cada 100 mil habitantes. Destes, 41mil foram bacilíferos (caso com baciloscopia de escarro positiva). Esses indicadores colocam o Brasil na 19ª posição em relação ao número de casos e na 104ª posição em relação ao coeficiente de incidência.

É importante destacar que anualmente ainda morrem 4,5 mil pessoas por Tuberculose, doença curável e evitável. Em sua maioria, os óbitos ocorrem nas regiões metropolitanas e em unidades hospitalares. Em 2008, a Tuberculose foi a quarta causa de morte por doenças infecciosas e a primeira causa de morte dos pacientes com Aids. A tuberculose é uma doença causada pelo Mycobacterium tuberculosis, pode acometer uma série de órgãos e sistemas. A transmissão se dá por via aérea em praticamente todos os casos. A infecção ocorre a partir da inalação de núcleos secos de partículas contendo bacilos expelidos pela tosse, fala ou espirro do doente com Tuberculose ativa de vias respiratórias (pulmonar ou laríngea). Os doentes bacilíferos, isto é, aqueles cuja baciloscopia de escarro é positiva, são a principal fonte de infecção. Doentes de Tuberculose Pulmonar com baciloscopia negativa, mesmo que tenham resultado positivo à cultura, são muito menos eficientes como fontes de transmissão, embora isso possa ocorrer. As formas exclusivamente extrapulmonares não transmitem a doença.

Procure a Unidade de Saúde mais próxima da sua residência para mais informações sobre a coleta do exame. Lembrando que este exame é gratuito e o resultado fica pronto em 24 horas após a entrega.

Compartilhar

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...