Secretário de Meio Ambiente de Pedreira participa de reunião da Diretoria da ANAMMA em Brasília

A primeira reunião do ano de 2018 da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA), foi realizada em Brasília, e contou com a presença do Presidente Rogério Menezes e dos vice-presidentes Mário Louzada (ES) e André Fraga (BA), além dos dirigentes Ezizio Barbosa (GO), Geraldo Luis Nalon (SP), Wagner Rodrigues (MG), Luciane Copetti (MT) e Thiago Valua (TO).

Durante a reunião foi apresentado o cronograma e as ações que integram o Projeto ONU-ANAMMA de capacitação que começa em abril de 2018, e irá até maio de 2019. "Serão 17 atividades voltadas aos Conselhos Municipais e técnicos dos municípios, uma em cada um dos 17 estados da Mata Atlântica e 5 cursos a distância (EAD) sobre os Planos Municipais da Mata Atlântica", explicou Rogério Menezes.

Segundo o secretário de Meio Ambiente de Pedreira e diretor Financeiro da ANAMMA, Geraldo Luis Nalon, outros assuntos também foram tratados, entre eles, a Lei Geral do Licenciamento Ambiental, que pode voltar à pauta da Câmara Federal na versão deputado Mauro Pereira, considerada prejudicial aos municípios e a 1ª Reunião da Comissão Tripartite Nacional, cuja retomada foi uma conquista da ANAMMA junto ao Ministério do Meio Ambiente.

O presidente da ANAMMA, Rogério Menezes, realizou em Brasília pronunciamento na plenária do Conselho Nacional do Meio Ambiente, em apoio à criação das Unidades de Conservação Marinhas de Vitória, Trindade, São Pedro e São Paulo, que juntas, somam área superior ao território da França. Este avanço na conservação da biodiversidade marinha no Brasil depende agora de Decreto do Presidente da República, Michel Temer, após a conclusão dos estudos técnicos pelo Ministério do Meio Ambiente.

Compartilhar

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...