Fique por dentro das notícias de Pedreira, acompanhe as políticas públicas municipais, as ações e programas da administração.

  • 27/05/2020 - Secretaria de Meio Ambiente inicia projeto de combate à espécie invasora em matas ciliares de Pedreira

    A Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente de Pedreira iniciou o projeto de combate a espécies de árvores invasoras nas Matas Ciliares do Município.

    A espécie Leucena Leucocephala é proveniente da América Central, mas se espalhou por diversas regiões do Brasil, fato que provocou a abertura de debate sobre a presença dessas árvores na fauna nacional e seus impactos.

    A Leucena invade os mais variados tipos de ambientes e ecossistemas, sendo bastante preocupante sua capacidade de se estabelecer e dominar rapidamente áreas da Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica. Nesses locais, a Leucena forma verdadeiros “desertos verdes”. Ela impede que a riqueza e diversidade vegetal da área se restabeleçam e consequentemente de toda a vida animal que depende dessas plantas como fonte de alimento, abrigo e refúgio, comprometendo assim, todos os processos ecológicos naturais.

    O engenheiro florestal José Renato Belotto, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, informou que o projeto foi iniciado após a devida aprovação da CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. “Montamos e treinamos uma equipe que está atuando diariamente no combate a Leucena, estamos realizando sua remoção e destinando adequadamente sua madeira”, enfatizou o engenheiro Belotto.

    A pedido do Consórcio PCJ, que reúne 32 cidades, entre elas Pedreira, foi realizado um levantamento bibliográfico de remoção e controle das Leucenas, além de pesquisa sobre legislações que tratam sobre o tema. “A conclusão do estudo expôs técnicas de remoção e controle de Leucenas, como também propôs destinação ambientalmente indicada para a sua madeira, extraída da remoção das áreas de manejo, técnicas que estão sendo empregadas pela Prefeitura de Pedreira”, destacou na ocasião a secretária de Meio Ambiente Ágata Gasparini.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

  • 27/05/2020 - Secretaria de Educação de Pedreira distribui “Kit Alimentar” aos alunos da Rede Municipal de Ensino

    A Secretaria de Educação, da Prefeitura de Pedreira iniciou, na sexta-feira, 22 de maio, a entrega de Kits Alimentares aos alunos da Rede Municipal de Ensino, ou seja: Creches, Pré-Escolas e Escolas Municipais do 1º ao 5º ano.

    A distribuição nesta primeira etapa ocorreu para os alunos das creches, nesta semana foram beneficiados os alunos das pré-escolas e posteriormente os alunos do Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano. “No total serão distribuídos 4.250 kits alimentares compostos por macarrão, arroz, óleo, molho de tomate e lata de sardinha. Todos os alunos da Rede Municipal de Ensino serão beneficiados”, destaca a secretária de Educação Mariangela Rodrigues.

    O vice-prefeito Fábio Polidoro esteve acompanhando as entregues e ressaltou o apoio e a preocupação do prefeito Hamilton Bernardes para que os alunos recebessem este Kit Alimentar. “Não é uma cesta básica, pois esse departamento quem está administrando é a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, este é o primeiro de outros kits que estaremos entregando aos alunos até que tudo volte ao normal”, ressaltou na ocasião Polidoro.

    As entregas estão sendo efetuadas juntamente com o Ovo de Páscoa que já havia sido adquirido pela Secretaria de Educação, porém em razão da pandemia do Coronavírus não foi entregue nas proximidades da Páscoa. “Estamos realizando a entrega deste Kit Alimentar sem tumulto, obedecendo às medidas de segurança do Ministério da Saúde, com máscara, álcool em gel e distanciamento seguro”, concluiu o vice-prefeito Fábio Polidoro.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

  • 27/05/2020 - Carro com a imagem de Santa Rita de Cássia percorreu os bairros de Pedreira

    No domingo, 24 de maio, um carro com a imagem de Santa Rita de Cássia esteve percorrendo as ruas dos bairros de Pedreira, dentro das comemorações dedicadas a Santa, desenvolvidas pela Paróquia de Sant’Ana no período de 13 a 24 de maio de 2020.

    Segundo o pároco da Matriz de Sant’Ana, Padre César Domingues de Oliveira, em 2020, devido a pandemia do Coronavírus, todas as atividades em louvor a Santa Rita foram desenvolvidas pela Internet. “No período de 13 a 21 de maio, aconteceu a Novena de Santa Rita, no “Dia da Padroeira”, 22 de maio, celebramos duas Santas Missas e no domingo, dia 24, com um carro devidamente preparado percorremos todos os bairros da cidade com a imagem de Santa Rita para as bênçãos da população”, enfatizou Padre César de Oliveira.

    Santa Rita de Cássia é a santa das causa impossíveis, das mães e esposas. No dia 22 de maio, é celebrada a festa em sua homenagem. Rita de Cássia nasceu em 1381 na Itália. Ainda criança, já demostrava vocação para a vida religiosa. Porém, foi obrigada a se casar, aos 12 anos de idade, com Paulo Ferdinando. Este era um homem violento, que batia nela. Durante 18 anos, Rita tolerou essa vida e teve com o marido dois filhos gêmeos. Ela pedia sempre a conversão de Ferdinando a Deus e, um dia, seu pedido foi atendido. Seu esposo se arrependeu de tudo o que havia feito. Porém, logo depois, ele foi assassinado. Seus filhos ficaram revoltados com isso e desejavam matar o assassino. Rita queria fazê-los desistir da ideia, mas não mudavam de opinião. A santa, então, rezou e pediu a Deus que intercedesse, já que achava melhor ver seus filhos mortos a se tornarem assassinos. Um tempo depois vieram a falecer de uma doença grave, não sem antes perdoar o assassino de seu pai, convencidos pela mãe.

    Como havia ficado sozinha, Rita buscou o convento das agostinianas de Cássia. Mas a sua entrada não foi permitida, já que ela não era mais virgem. Ela tentou novamente mais duas vezes, porém teve sempre uma resposta negativa. Conta-se que, rezando, ela foi milagrosamente transportada para o interior do convento. Depois disso, ela foi aceita e viveu no local até os 76 anos. Por sua devoção a Jesus Cristo Crucificado, Rita pediu que Deus lhe desse uma lembrança sensível da Paixão do Senhor. Então, um espinho se desprendeu da imagem de Jesus Crucificado e cravou-se na testa da Santa. Essa ferida ficou em seu corpo até a sua morte, o que causou muito sofrimento. Rita faleceu em 22 de maio de 1457. A história revela que uma luz invadiu o local onde ela estava, assim como um perfume que alcançou o mosteiro inteiro. A ferida do espinho tornou-se brilhante e cor de rubi.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

     

  • 27/05/2020 - “Memorial Esportivo Digital de Pedreira” foi lançado oficialmente no Programa NG Esportes

    O secretário municipal de Esportes e Lazer de Pedreira, Valdir Carlos Volpato e o diretor da Affari Serviços Digitais, Ítalo Spagliari estiveram, na segunda-feira, 25 de maio, participando ao vivo do Programa “NG Esportes”, transmitido pelo Sistema Regional de Televisão, apresentado por Howard de Oliveira Santos Filho – Barbudinho.

    Durante o programa foi realizado o lançamento oficial do “Memorial Esportivo Digital de Pedreira”, um projeto que tem o objetivo de contar a história do esporte pedreirense, destacando competições de todas as modalidades. “Estamos convidando os amantes do esporte para que nos ajudem a montar este Memorial, pedimos para que nos enviem suas fotos antigas com os detalhes da competição, ano, local e o nome das pessoas que nela aparecerem. O número de contato é: (19) 97158-0178 ou pelo email: [email protected]”, enfatizou na oportunidade o apresentador Barbudinho.

    Ítalo Spagliari será o responsável pela diagramação do Memorial Esportivo e destacou que a equipe da Affari Serviços Digitais já está trabalhando no seu desenvolvimento. “Quanto mais material tivermos em mãos, mais enriquecedoras serão as páginas do nosso Memorial, por ser digital não teremos limite, por isso convido a todos para participarem conosco”, concluiu.

    Para secretário de Esportes Patão é louvável a iniciativa do Programa NG Esportes e da Affari Serviços Digitais, contando com o apoio da Administração Municipal. “Assim que foi informado do projeto o prefeito Hamilton Bernardes Junior, como grande esportista, deu seu total apoio. Nós da Secretaria Municipal de Esportes estamos colocando todo o nosso acervo para que também faça parte do Memorial Esportivo de Pedreira”, enfatizou na ocasião o secretário Patão.

    O Projeto “Memorial Esportivo Digital de Pedreira” conta com o apoio do Jornal A Cidade, Jornal da Comarca, Jornal Imprensa Regional, Jornal A Notícia, Jornal Bote a Boca, Boa Nova FM, esportepedreira.com, Programa Hora da Vez, Programa Sérgio Caparroz, Sistema Regional de Televisão (SRTV), Prefeitura Municipal de Pedreira.

    A realização é da Affari Serviços Digitais e Programa NG Esportes – Barbudinho e Equipe.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

  • 27/05/2020 - Prefeitura de Pedreira disponibiliza prestação de contas sobre os gastos de recursos no enfrentamento da COVID-19

    A Prefeitura Municipal de Pedreira atendendo solicitação do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo está disponibilizando, em seu site: www.pedreira.sp.gov.br a prestação de informações sobre as receitas e os gastos de recursos no enfrentamento à pandemia da COVID-19.

    Um comunicado foi publicado no Diário Oficial do Estado, estabelecendo que os gestores adotem medidas de transparência e providências necessárias para dar publicidade e acesso público aos recursos empregados na pandemia. O documento determina que todas as informações relacionadas ao enfrentamento da pandemia devem ser divulgadas em tempo real pela internet.

    Segundo destacou o prefeito Hamilton Bernardes Junior a Administração Municipal vem seguindo rigorosamente toda a legislação e os prazos estabelecidos. “Todas as informações estão disponíveis no site da Prefeitura de Pedreira, convida a população para acessar: www.pedreira.sp.gov.br e acompanhar de perto como estão sendo efetuados os investimentos no enfrentamento do novo Coronavírus”, ressaltou o prefeito Hamilton.

    Os gestores que não cumprirem as regras e orientações da Corte de Contas estarão sujeitos a pagar valores indenizatórios em torno de R$ 55 mil, conforme previsto em lei, dentre outras sanções administrativas.

     

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

  • 27/05/2020 - Polícia Municipal de Pedreira realiza fiscalização durante feriado prolongado

    A Secretaria de Segurança de Pedreira, através da Polícia Municipal realizou durante o feriado prolongado, no período de 23 a 25 de maio, fiscalizações de trânsito nas dependências da Avenida Wanderlei José Vicentini, proximidades da Praça Coronel João Pedro.

    Segundo informou o secretário de Segurança Ângelo Milani Pavão, as operações foram desencadeadas com o objetivo de garantir a segurança dos munícipes. “Realizamos fiscalizações em caminhões que estão prestando serviços na construção da Barragem, conferindo inclusive notas fiscais, também efetuamos orientações aos condutores sobre as normas de trânsito e cuidados na circulação em ruas de Pedreira”, destacou o secretário Pavão.

    A Polícia Municipal de Pedreira pode ser acionada pelo telefone: 153, durante 24 horas por dia.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

  • 27/05/2020 - Intensificação da estiagem em 2020 e crise do Coronavírus fazem Consórcio PCJ reeditar medidas preventivas intituladas “Mandamentos da Estiagem”

    Foi o abril mais seco dos últimos 130 anos, com precipitações próximas a zero, que impactaram as chuvas do quadrimestre (janeiro a abril), já que choveu 38% abaixo da média histórica, segundo o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (CEPAGRI) da Unicamp.

    A ocorrência desse evento extremo somada à crise gerada pelo Coronavírus, na qual medidas de higiene se tornaram essenciais para o controle da pandemia e, portanto, a água se mostra fundamental, levaram o Consórcio PCJ, o qual Pedreira faz parte desde sua fundação, a reeditar os “Mandamentos da Estiagem”, com o objetivo de orientar os municípios e empresas para que se preparem para uma possível seca mais severa.

    Os mandamentos foram originalmente elaborados pela primeira vez, em 2014, durante a mais grave crise hídrica vivida pelas Bacias PCJ, que quase zerou as reservas do Sistema Cantareira, com os reservatórios operando com o volume morto (reserva estratégica, no linguajar técnico). A versão 2020, dos Mandamentos acrescentou entre outras ações, medidas para conter a infecção pela Covid-19, a segurança dos operadores dos serviços de água, apoio social no fornecimento de álcool em gel para comunidades carentes e preparar os sistemas de abastecimento para que não ocorra interrompimento do serviço.

    No que tange a sustentabilidade hídrica e eventos climáticos extremos, os Mandamentos da Estiagem sugerem que os estoques de suprimentos sejam adequados para operação de até seis meses, mapear possíveis fontes alternativas de abastecimento, construção de pequenos reservatórios, bacias de retenção e piscinões ecológicos, mapeamento de pontos críticos de abastecimento em áreas urbanas e rurais, com elaboração de planos de contingenciamento o quanto antes, além de cadastro de poços artesianos e caminhões pipas para possíveis ações emergenciais. No total, houve um acréscimo de mais 20 medidas contingenciais, somando 30 Mandamentos da Estiagem.

    Segundo o secretário executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, todos os anos, no início da estiagem, o Consórcio PCJ envia um comunicado aos municípios e empresas que integram a entidade, com recomendações acerca do período seco, com o objetivo de deixá-los mais preparados para ações de contingenciamento, se necessário. “Apesar de estarmos num período de estiagem bem típico, as chuvas de janeiro e fevereiro não recarregaram de forma adequada o lençol o freático, mas tem garantido as vazões dos nossos rios, é preciso estarmos atentos”, comenta.

    Ainda que o Sistema Cantareira opere confortável, acima dos 61%, Lahóz atenta que 32 municípios das Bacias PCJ são atendidos pelas águas desses reservatórios, outros 44 não possuem acesso à essa reserva estratégica, por se abastecerem de rios que não estão a jusante do sistema. “Esses municípios requerem cuidado especial, pois, não possuem outra fonte de abastecimento senão a captação a fio d’água (em rios) ou em poços, para esses os Mandamentos da Estiagem é ainda mais essencial”, diz Lahóz.

    OS MANDAMENTOS DA ESTIAGEM DURANTE A CRISE DO COVID-19

    1) Identificar os pontos críticos de insegurança hídrica em áreas urbanas e rurais para planejamento e implantação de medidas de contingência o quanto antes possível;

    2) Montar estratégias o mais rápido possível para diversificação de fontes para o uso dos recursos hídricos disponíveis, de acordo com as necessidades prioritárias e disponibilidade hídrica da região;

    3) Iniciar medidas estratégicas de emergência, incluindo captação de água por fontes alternativas e seguras, como as águas subterrâneas, o abastecimento através de caminhões-tanque e incentivos para a redução do consumo de água na agricultura e indústria;

    4) Incentivar a implantação de novas tecnologias mais eficientes no consumo de água, como o gotejamento na agricultura, o reuso na indústria, e tecnologias inteligentes em escolas e prédios públicos (torneiras e cisternas).

    5) Em caso de escassez aguda de água, planejar maneiras alternativas de realizar a higiene das mãos, como o fornecimento de álcool em gel 70° e outros produtos de limpeza e higiene pessoal nas áreas mais afetadas e também para a população mais carente;

    6) Sob carência de água, garantir que grupos mais vulneráveis tenham acesso adequado à água, como, crianças, idosos e pessoas com deficiência;

    7) Adotar medidas, amparadas pela ciência, de prevenção ao contágio do Covid-19. Preferencialmente, determinadas por órgãos de saúde tais como a OMS (Organização Mundial de Saúde) e o Ministério da Saúde.

    8) Equipar os profissionais das concessionárias de água e esgoto com equipamentos de proteção individuais (EPIs) indicados para proteção contra o contágio do Covid-19, tais como máscaras, luvas e álcool em gel 70°;

    9) Orientar e instruir os profissionais das concessionárias de água e esgoto sobre o uso correto dos EPIs bem como de outras medidas de precaução estabelecidas;

    10) Mapear as comunidades e regiões sem atendimento adequado aos serviços de saneamento, para prover elas de álcool em gel 70° e outros produtos de limpeza e higiene a fim de conter o avanço do Covid-19;

    11) Adotar estratégias para contingenciamento dos eventos extremos relacionadas as ações de infraestrutura verde, tais como a implantação de piscinões ecológicos em áreas urbanas e bacias de retenção em áreas rurais, favorecendo a infiltração da água no solo e, consequentemente, a recarga do lençol freático e manutenção das nascentes.

    12) Realizar previamente simulações do fluxo de caixa considerando diferentes cenários de inadimplência e atrasos nos pagamentos, com o objetivo de identificar possíveis problemas financeiros e soluções para superá-los, em casos de pandemia e outras situações excepcionais.

    13) Aumentar o estoque de suprimentos essenciais no tratamento de água para período de pelo menos 6 meses. Buscar armazenar o estoque em depósitos

    complementares caso não exista capacidade nos espaços habitualmente utilizados para esse fim.

    14) Promover e incentivar a capacitação e participação de funcionários em cursos, seminários e webinars voltados para soluções alternativas e inovadoras que promovam melhoria no sistema e aumento da segurança hídrica.

    15) Apoiar todas as reivindicações e recomendações ambientais da promotoria pública regional, estadual e federal, bem como das instituições de comando e controle;

    16) Realizar cadastro prévio de caminhões pipas pelas prefeituras e empresas, sendo que os caminhões que transportam água bruta não poderão transportar água potável, devido ao risco à saúde pública por contaminação da água;

    17) Acesso e cadastro pelas prefeituras de todos os poços de água subterrânea disponíveis no município;

    18) Cobrar dos organismos gestores as responsabilidades previstas em lei;

    19) Elaboração de um modelo de decreto municipal com medidas para o controle dos desperdícios de água realizados pela população;

    20) Prever o direito à cidadania e ao uso prioritário dos recursos hídricos para o consumo humano e dessedentação dos animais;

    21) Sensibilizar a população quanto às consequências das captações e lançamentos irregulares, e aumentar a fiscalização para impedir que elas aconteçam;

    22) Sensibilização, preservação e recuperação de nascentes nas áreas rurais, e reflorestamento das matas ciliares dos rios;

    23) Fomento e implantação de programas que visem o pagamento por serviços ambientais nos municípios;

    24) Implantação do saneamento rural por meio da construção de fossas sépticas na zona rural, e tratamento de 100% do esgoto urbano municipal;

    25) Construção de pequenos reservatórios e cisternas para captação de água de chuva em propriedades rurais;

    26) Sensibilizar e conscientizar toda a sociedade sobre a problemática dos recursos hídricos em nossa região através da educação ambiental;

    27) Implantação de reúso de água, aproveitamento de água pluvial para atividades menos nobres e lavagem a seco de veículos;

    28) Declaração de estado de emergência ou calamidade pública devido à estiagem através da criação de decretos municipais;

    29) Articulação regional para conclusão das obras das barragens de Pedreira, Duas Pontes e do Piraí, essenciais na ampliação da disponibilidade hídrica e para auxiliar o Sistema Cantareira em momentos críticos;

    30) Construção de barragens municipais para que as prefeituras não dependam somente das calhas dos rios para o abastecimento da população.

     

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

  • 27/05/2020 - Ruas dos bairros Vale Verde I e II estão recebendo galerias de águas pluviais para futura pavimentação asfáltica

    A Prefeitura de Pedreira, através de sua Secretaria Municipal de Obras e Vias Públicas, está implantando o projeto de construção de galerias de águas pluviais em ruas dos bairros Vale Verde I e II.

    O objetivo é dotar as ruas com a infraestrutura necessária para que no futuro próximo possam receber Pavimentação Asfáltica.

    As equipes da Secretaria de Obras e Vias Públicas estão trabalhando nas seguintes ruas: Aparecido Moratori, Carlos Aguiar Maya, Luiz Ancona e Romildo Cartarozzi, localizadas no bairro Vale Verde II e as ruas: Benedito Donato e Joaquim Martins Barroso, no Vale Verde I.

    Segundo informou o prefeito Hamilton Bernardes Junior nas ruas do Vale Verde II serão investidos R$ 594 mil reais através de convênio entre o Governo do Estado e o Município. No Vale Verde I, o Governo do Estado de São Paulo está repassando R$ 500 mil e a Prefeitura de Pedreira, em contrapartida, arcará com R$ 61.322,83. “Neste valor também está inclusa a Pavimentação Asfáltica das seguintes ruas no Jardim Santa Edwiges: Leonilda Malagodi Cabrelli, 1.260,59m2 de asfalto, mais 457,37 metros lineares de guias e sarjetas, com início após a Rua Tadeu Crepaldi; Na Rua Joaquim Martins Barroso, serão implantados 1.131,59m2 de pavimentação asfáltica e 337,30 metros lineares de guias e sarjetas, com início após a Rua João de Oliveira até seu término”, concluiu o prefeito Hamilton Bernardes Junior.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

  • 27/05/2020 - Administração Municipal disponibiliza “Espaço das Artes” para os artistas pedreirenses

    A Prefeitura de Pedreira, através de sua Secretaria Municipal de Cultura, contando com o apoio do Departamento de Imprensa e Comunicação disponibilizou em seu site o “Espaço das Artes”, com o objetivo de proporcionar um local adequado para que os artistas da cidade possam mostrar seus talentos.

    O Canal do You Tube “Espaço das Artes” fornece um espaço de divulgação dos trabalhos dos artistas. Para enviar seu vídeo é muito simples, acesse o link: https://forms.gle/LXUYXcyUyLWpcCTD9, preencha corretamente seus dados e envie seu vídeo para o email: [email protected]. “Atenção, o vídeo deve ser gravado com o celular na horizontal, em boa resolução e no formato MP4”, destaca o secretário de Cultura Clodoaldo Leite de Camargo.

    O prefeito Hamilton Bernardes Junior destaca que podem participar artistas locais com apresentações de música, dança, vídeo aulas, entre outros. “Esta é uma excelente oportunidade para que nossos artistas possam expressar seus talentos, e o melhor de tudo é de graça”, enfatiza o prefeito Hamilton.

    O Canal está disponível através do site: www.pedreira.sp.gov.br.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP

     

  • 27/05/2020 - Pedreira registra 71 casos positivos de Dengue em 2020

    A Secretaria de Saúde de Pedreira informa que foram confirmados 71 casos de Dengue entre 1º de janeiro e 27 de maio de 2020.  Não houve mortes causadas pela doença e todos os pacientes foram diagnosticados com a Dengue Tipo 2.  

    A luta contra a Dengue exige uma contrapartida de toda a sociedade. A Prefeitura de Pedreira mantém um programa de controle e prevenção da doença. “Mas cada cidadão precisa fazer a sua parte, destinando corretamente os resíduos e evitando criadouros. Levantamento aponta que 80% dos criadouros estão dentro de casa”, enfatiza a secretária de Saúde Ana Lúcia Nieri Goulart.

    O trabalho contra a Dengue realizado pela Administração Municipal é ininterrupto.  “Montamos uma equipe exclusivamente para coletar os resíduos despejados irregularmente na cidade e também atendemos as solicitações da população para limpeza. A Secretaria de Meio Ambiente disponibiliza o Caminhão Cata Bagulho, que percorre durante os dias da semana todos os bairros. Pedimos a colaboração da população para juntos vencermos a Dengue”, ressalta o prefeito Hamilton Bernardes.

    Até o momento a Vigilância Sanitária registrou os seguintes números da Dengue em Pedreira: 157 Notificados; 71 Positivos; 53 Negativos e 38 aguardando resultado.

    Para acabar com a proliferação do mosquito é preciso evitar acúmulo de água, latas, pneus e outros objetos. Os vasos de plantas devem ter a água trocada a cada dois dias. É importante, também, vedar a caixa d’água. Os vasos sanitários que não estão sendo usados devem ficar fechados.

     

    DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

    PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP