MANIFESTAÇÕES CULTURAIS


Corporação Musical Sant’Ana

Em 1893, José Theodoro Alvarenga, um amante da música teve a ideia de reunir os instrumentistas em um grupo para a criação da Banda de Música Pedreirense. Sua dedicação e empenho pela banda trouxe professores de música de outras cidades para formar novos músicos em Pedreira. Conta-se em documentos históricos que nos tempos do Cinema mudo, vários integrantes da Banda de Pedreira faziam fundo musical para os filmes exibidos. Com o crescimento deste grupo musical, no ano de 1904, a Banda passou a se chamar “Corporação Musical Sant’Ana de Pedreira” e através da Lei Municipal nº 850 de 17 de abril de 1975 passou a ser de Utilidade Pública. Com mais de 125 anos, atualmente a Corporação Musical Sant’Ana conta com cerca de 40 músicos, com idades entre 9 e 80 anos e realiza apresentações em eventos culturais, sociais, religiosos, esportivos e políticos na cidade de Pedreira e região.


Circolo Italiano di Pedreira

Está localizado na Praça Cel. João Pedro, 102-A e oferece cursos de língua italiana e mantêm as tradições e manifestações artísticas dos imigrantes italianos.


Abadá Capoeira

O movimento oferece cursos à crianças e adultos difundindo a arte da capoeira.


Grupo de Catira São Gonçalo

Criado pelo violeiro João do Gás, é formado por pessoas que tem o objetivo de manter viva esta manifestação cultural.

A batida dos pés e das mãos de forma sincronizada marcam o ritmo desta dança que é uma tradição caipira que envolve sentimentos de fé, dança e música que é a Dança de São Gonçalo do Amarante.

Os violeiros conduzem as orações cantadas, faladas e o público que participa segue em duas filas, lado a lado passando alternadamente defronte ao altar onde está a imagem do santo. Agradecimentos e pedidos são ofertados nesta cerimônia, amarrando uma fita na parte do corpo que a pessoa sente alguma dor.


Orquestra de Violeiros de Pedreira

A orquestra foi formada em 9 de abril de 2002 pelo músico Claudio Luiz Cassiani – Claudinho Cassiani, que iniciou os trabalhos com a 1ª Missa Sertaneja.

Pouco tempo depois, outras atividades surgiram, como a Associação dos Violeiros de Pedreira e Orquestra Mirim, Grupo de Catira e Reza de São Gonçalo (fundadas pelo violeiro João do Gás) e o Ponto de Cultura Violeiros de Pedreira.

É uma orquestra que preserva a música raiz e as tradições caipiras encontradas nas cidades do Circuito das Águas Paulista, contando também com apresentações em programas de grande audiência e em eventos nacionais e internacionais.


Centro Cultural “Prof. José Gilberto Gonçalves Jampaulo”

Inaugurado em 1989, oferece cursos gratuitos de ballet, ballet de ponta, dança contemporânea, danças brasileiras, jazz, pintura em tela, pintura em tecido, violão, teclado, teatro, além de contar com os cursos que também são oferecidos pelo Projeto Guri.