Cidades da RMC discutem adoção de medidas mais restritivas para frear avanço do Coronavírus

Cidades da RMC discutem adoção de medidas mais restritivas para frear avanço do Coronavírus

Os prefeitos das cidades da Região Metropolitana de Campinas estiveram reunidos online na manhã desta terça-feira, 16 de março, com a coordenação da AGEMCAMP (Agência Metropolitana de Campinas), com o objetivo de discutir a adoção de medidas ainda mais restritivas, como um lockdown, para conter o avanço de mortes, internações e casos de Coronavírus.

Segundo informou o prefeito de Pedreira, Hamilton Bernardes Junior, a maioria dos prefeitos aceitaram discutir a possibilidade, mas optaram por avaliar por mais dois dias os efeitos da atual Fase Emergencial do Plano São Paulo, os dados epidemiológicos e os índices de isolamento. “Infelizmente estamos vivendo a pior fase desta pandemia, registrando cerca de 14, 16 e até 18 casos por dia. Nosso Hospital Humberto Piva está no limite de sua capacidade de atendimento e não paramos de investir na criação de mais leitos clínicos e de UTI. Peço encarecidamente a população para que evite aglomerações, use máscara, álcool em gel e só saia de casa quando realmente for necessário”, enfatizou o prefeito Hamilton.

A Fase Emergencial do Plano São Paulo teve início na segunda-feira, 15 de março, com restrições mais severas que a da Fase Vermelha.   

 

 

DICOM – DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDREIRA-SP